Tuesday, September 20, 2016

Mini bolinhos de manteiga de amendoim e framboesa e o magnífico "The Night Of"

English version

Peanut butter and raspberry mini cakes / Mini bolinhos de manteiga de amendoim e framboesa

Semanas atrás lhes contei que desistira de “River” porque havia ficado bem deprimida com o seriado – eu precisava de algo que me deixasse pra cima, e não que me fizesse chorar abraçada ao travesseiro em posição fetal.
Dias depois eu comecei a assistir a “The Night Of” – sim, eu sei, nem eu mesma me entendo, não espero que vocês o façam. :)

Que seriado maravilhoso. Que elenco fantástico – John Turturro nasceu para ser John Stone e o achei ainda mais perfeito para o papel quando li que a primeira escolha para interpretar o advogado fora James Gandolfini, e quando este morreu o papel foi para as mãos de Robert DeNiro. Os deuses do cinema estavam mesmo olhando por este seriado, já que DeNiro não ficou com o papel. Na minha cabeça tanto um quanto o outro não conseguiria fazer justiça a John Stone – sinto que neles falta a fragilidade que é parte importantíssima no personagem. Não consigo imaginar Galdofini, tão grande e com uma voz tão alta e potente, como John Stone.

Não imagino Gandolfini fazendo o que Philip Seymour Hoffman fez com seu Truman Capote.

Amei o seriado como um todo – roteiro, direção, atuações, tudo foi lindamente combinado, de um jeito tão perfeito como eu não via em um bom tempo (“Breaking Bad” me vem à mente, como vocês podem imaginar). Sim, o seriado era extremamente triste, deprimente e sombrio e a cada noite depois de ver os episódios eu ia dormir com eles entranhados nos pensamentos, mas foi tão incrível que não consegui largar como fizera com “River”. Ter um chocolatinho por perto depois do fim de cada episódio de “The Night Of” é a dica que dou a vocês – estes mini bolinhos de amendoim também são uma ideia (e quem não encontrar framboesas por aí pode substituí-las por chocolate amargo picado – uma boa variação da receita).

Mini bolinhos de manteiga de amendoim e framboesa
Um nadinha adaptados deste livro

- xícara medidora de 240ml

3 ovos
200g de manteiga de amendoim do tipo smooth - aqui vale a pena gastar um pouquinho de $$ e comprar manteiga de amendoim importada
½ xícara (100g) de açúcar cristal
3 colheres (sopa) de óleo de canola
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
100ml de leite integral, temperatura ambiente
1 colher (chá) de extrato de baunilha
3 colheres (sopa) - 30g - de farinha de trigo
cerca de ½ xícara de framboesas, frescas ou congeladas (não descongele antes de usar) – usei 4 em cada bolinho

Preaqueça o forno a 180˚C. Unte generosamente com manteiga e depois enfarinhe uma forma de muffins com 12 cavidades.

Em uma tigela grande, misture bem os ovos e a manteiga de amendoim usando um batedor de arame. Junte o açúcar, o óleo, o bicarbonato de sódio, o fermento em pó, o sal, o leite e a baunilha e misture até homogeneizar. Gentilmente incorpore a farinha usando uma espátula de silicone, misturando de cima para baixo. Divida a massa entre as cavidades da forma e então espalhe as framboesas sobre a massa, pressionando-as bem levemente.

Asse por 20 minutos, ou até que os bolinhos cresçam, estufem e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 5 minutos e então desenforme com bastante cuidado, removendo os bolinhos da forma e transferindo-os para a gradinha. Sirva mornos ou em temperatura ambiente, com sorvete (se desejar).

Rend.: 12 unidades


Monday, September 12, 2016

Brownies do Nigel Slater

English version

Nigel Slater's brownies / Brownies do Nigel Slater

Lembram quando lhes contei sobre receitas que não me saem da mente? Uma delas foi este brownie do Nigel Slater – eu o vi em muitos e muitos blogs, pessoas enlouquecendo com ele. Entretanto, fui adiando e adiando já que o danado pedia bater manteiga e açúcar até obter um creme e na minha cabeça esse método não está associado a brownies (e o fato de que iriam 250g de manteiga e 300g de açúcar em uma forma de 23cm me fez tremer, também).

Chegou o dia em que eu finalmente fiz os brownies e, de acordo com meu marido – aquele que não come doces, porém prova todos os brownies que faço – estes foram os melhores que fiz em muito tempo. Confesso que comigo o sucesso não foi tão retumbante (sorry, Nigel): esforço demais para o resultado obtido. Gosto de receitas de brownie práticas e rápidas e que não requerem planejamento – derreter a manteiga é uma mão na roda quando a gente se esquece de tirá-la da geladeira.

Os brownies são bons, sim, porém nada que eu faria novamente, entretanto meu marido falou tanto deles que decidi dividir a receita com vocês. Diminuí um tiquito o açúcar (pois não tinha chocolate 70% em casa), dobrei a quantidade de chocolate picado na massa e usei uma forma de 20x30cm – quando vi a abundância de massa na tigela da batedeira descartei rapidinho a assadeira de 23cm.

Brownies do Nigel Slater
um nadinha adaptados do Nigel, receita encontrada aqui

200g de chocolate amargo, bem picadinho – usei um com 53% de cacau
60g de farinha de trigo
60g de cacau em pó, sem adição de açúcar, peneirado
½ colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
250g de manteiga sem sal, amolecida
250g de açúcar cristal
100g de chocolate amargo ou meio amargo picado grosseiramente, para incorporar na massa do brownie – usei um com 53% de cacau
3 ovos grandes + 1 gema, batidos ligeiramente com um garfo
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Preaqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma retangular de 20x30cm, forre-a com papel alumínio deixando sobras em dois lados opostos, e então unte o papel também.
Coloque os 200g de chocolate bem picadinho para derreter em banho-maria, sem deixar o fundo da tigela tocar a água. Retire do fogo e deixe esfriar. Em outra tigela pequena, misture a farinha, o cacau, o fermento e o sal com um batedor de arame. Reserve.

Na tigela da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo. Raspe as laterais da tigela ocasionalmente. Junte os ovos aos poucos e vá batendo. Raspe as laterais da tigela após cada adição. Junte a baunilha. Em velocidade baixa, junte o chocolate derretido. Com uma espátula de silicone, incorpore os ingredientes secos e o chocolate picado – a massa fica bem espessa. Espalhe-a uniformemente na assadeira e alise a superfície. Asse por cerca de 30 minutos ou até que o brownie cresça levemente e a superfície esteja com uma casquinha, mas ainda molinho por baixo (faça o teste do palito: ele deve sair úmido, com massa molinha nele, mas não massa crua). Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Corte em quadradinhos para servir.

Rend.: 24 porções

Related Posts with Thumbnails