Tuesday, January 30, 2018

Cookies de aveia, limão siciliano e passas

English version

Lemon and raisin oatmeal cookies / Cookies de aveia, limão siciliano e passas

Dias atrás eu estava pensando (de novo) em ingredientes que despertam a ira em pessoas: além de coco e coentro, não consigo lembrar de outro que divida as pessoas tanto quanto as passas, pelo menos aqui no Brasil. É só dezembro chegar que os memes no Facebook e no Twitter aparecem aos montes, alguns celebrando o ódio pelas passas e o horror de vê-las nos pratos natalinos e outros com declaração de amor pelo ingrediente, “soca uva passa em tudo, sim”. É muito doido. :D

Eu gosto de passas e não tenho nada contra as pobrezinhas, entretanto as prefiro em pratos doces a pratos salgados. Em biscoitos as passas vão bem demais e aqui, combinadas com limão siciliano e aveia, os tornam ainda mais gostosos.

Cookies de aveia, limão siciliano e passas
receita minha

- xícara medidora de 240ml

¾ xícara (105g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1/3 xícara (67g) de açúcar cristal
1/3 xícara (58g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
raspas da casca de 2 limões sicilianos
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 ovo grande, temperatura ambiente
½ colher (chá) de extrato de baunilha
1 1/3 xícaras (120g) de aveia em flocos
1 xícara (150g) de passas, claras ou escuras

Preaqueça o forno a 180°C e forre duas assadeiras grandes e rasas com papel manteiga. Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o bicarbonato e o sal. Reserve.

Na tigela da batedeira, junte os açúcares e as raspas de casca de limão e esfregue com as pontas dos dedos até aromatizar. Acrescente a manteiga e bata até obter um creme claro – raspe as laterais da tigela ocasionalmente durante todo o preparo da receita.
Junte o ovo e a baunilha e bata para incorporar. Acrescente a mistura de farinha e a aveia de uma vez e misture em velocidade baixa somente até incorporar e uma massa se formar. Com uma espátula de silicone, misture as passas.

Faça bolinhas usando 2 colheres (sopa) niveladas de massa por biscoito e coloque-as nas assadeiras preparadas deixando 5cm de distância entre elas. Asse por 12-14 minutos ou até que os biscoitos dourem nas extremidades. Deixe esfriar nas assadeiras por 5 minutos e então deslize o papel com os biscoitos para uma gradinha e deixe esfriar completamente.

Rend.: 20 unidades

Friday, January 26, 2018

Panzanella com um toque espanhol - perfeita para o final de semana

English version

Panzanella with a Spanish touch / Panzanella com um toque espanhol

Eu me lembro da primeira vez em que fiz uma panzanella em casa: foi uma revelação. Quem poderia imaginar que uma salada feita com pão amanhecido seria tão deliciosa? Os italianos, claro. :)

Por mais que eu ame comida italiana – metade do meu sangue é italiano, aliás – adicione uns toques espanhóis à minha panzanella: chorizo crocante, grão-de-bico, vinagre de xerez no molho. A salada ficou incrível e é uma ótima ideia para almoço ou jantar nos dias quentes que estamos tendo aqui em São Paulo ultimamente (para deixar a salada ainda mais refrescante, adicione um pepino japonês em fatias bem finas). A salada vai bem também em finais de semana preguiçosos como o que pretendo ter. :)

Panzanella com um toque espanhol
receita minha

- xícara medidora de 240ml

½ cebola roxa, descascada e cortada ao meio
1 colher (sopa) de vinagre de xerez – ou use o vinagre que preferir
2 xícaras de cubos de pão amanhecido (os cubos devem ter aproximadamente 2cm)
3 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem
3 tomates bem maduros, sem as sementes e cortados em pedaços grandes
100g de chorizo em cubinhos
¾ xícara (127g) de grão-de-bico cozido e escorrido
½ colher (chá) de mostarda de Dijon
sal e pimenta do reino moída na hora
1 punhado de folhas de manjericão fresco

Corte a cebola em meias-luas bem fininhas, transfira para uma tigelinha, regue com o vinagre e deixe descansar por 15 minutos ou pelo tempo necessário para preparar as outras etapas da salada.

Preaqueça o forno a 180°C. Forre uma assadeira rasa com papel manteiga ou papel alumínio, espalhe os cubos de pão sobre ele e regue com 1 colher (sopa) do azeite. Leve ao forno por cerca de 8 minutos ou até o pão dourar. Retire do forno e reserve.
Enquanto isso, aqueça uma frigideira antiaderente em fogo alto. Junte os cubinhos de chorizo e frite, mexendo algumas vezes, até dourar. Transfira os cubinhos para um prato forrado com papel toalha.

Transfira o pão, o chorizo, os tomates e o grão-de-bico para uma travessa grande. Escorra a cebola à salada (reserve o vinagre para fazer o molho da salada). Ao vinagre da tigelinha junte o azeite restante, a mostarda, o sal e a pimenta do reino e misture bem. Despeje sobre a salada, misture bem e reserve por 30 minutos. Junte o manjericão e sirva em seguida.

Rend.: 2 porções

Thursday, January 25, 2018

Muffins de banana com farofinha de castanha de caju

English version

Banana muffins with cashew nut streusel / Muffins de banana com farofinha de castanha de caju

Geralmente fazer doces com banana em casa não é fácil, pois eu e meu marido amamos tanto a fruta que comemos todas as bananas antes de ficarem maduras o suficiente para bolos e muffins. Entretanto, quando os dias estão quentes como agora as bananas amadurecem do dia para a noite, e estes muffins são um jeito ótimo de usá-las.

Desenvolvi esta receita há séculos, ainda para o livro. Ultimamente tenho feito os muffins sem a farofinha (por causa da intolerância à lactose) e os muffins ficam gostosos também. Porém, se vocês puderem, preparem os muffins com a cobertura: ela os torna mais especiais ainda.

Muffins de banana com farofinha de castanha de caju
receita minha

- xícara medidora de 240ml

Farofinha:
½ xícara (70g) de farinha de trigo
½ xícara (88g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
¼ colher (chá) de canela em pó
1 pitada de sal
5 colheres (sopa) - 70g - de manteiga sem sal, gelada e em cubinhos
2/3 xícara de castanhas de caju sem sal, picadinhas – meça, depois pique

Muffins:
2 xícaras (280g) de farinha de trigo
1 ½ colheres (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
¼ colher (chá) de canela em pó
4 bananas pequenas maduras
¾ xícara (150g) de açúcar demerara – usado para dar cor e um sabor caramelado à massa; pode ser substituído por açúcar granulado
½ xícara (120ml) de óleo de canola
2 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Preaqueça o forno a 200°C. Forre uma forma de muffins com 12 cavidades com forminhas de papel.

Farofinha: em uma tigela pequena, misture a farinha, o açúcar, a canela e o sal. Junte a manteiga e misture com as pontas dos dedos até obter uma farofinha grossa. Acrescente as castanhas, misture usando um garfo e leve à geladeira enquanto prepara a massa dos muffins.

Muffins: em uma tigela grande, peneire a farinha, o bicarbonato, o sal e a canela. Reserve. Em uma tigela média, amasse as bananas com um garfo. Acrescente o açúcar, o óleo, os ovos e a baunilha e misture bem. Despeje sobre os ingredientes secos e misture levemente com o garfo até incorporar os ingredientes, mas sem misturar demais – massa de muffin é empelotada mesmo, e não lisa como a de bolo; se mexer demais os muffins ficarão duros. Divida a massa entre as forminhas e cubra com a farofinha, apertando levemente com a mão em concha para que grude na massa.
Asse por 20-25 minutos ou até que os muffins cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma por 5 minutos e então desenforme com cuidado, transferindo para uma gradinha. Sirva mornos ou em temperatura ambiente.

Rend.: 12 unidades

Friday, January 19, 2018

Bolo de chocolate e amendoim (sem farinha de trigo)

English version

Flourless chocolate peanut cake / Bolo de chocolate e amendoim (sem farinha de trigo)

Hoje de manhã brinquei em um post do Instagram que esta semana que está durando 45 dias – estou completamente exausta e feliz por hoje ser sexta-feira. \0/ Em comemoração, trago uma receita que é perfeita para o final de semana: um bolo úmido, quase cremoso, com um sabor intenso de chocolate, para ser servido com chantilly ou sorvete.

O bolo é parecido com este aqui, também sem farinha de trigo, porém mais úmido e mais saboroso. A receita é fácil de fazer e leva amendoim, um ingrediente super brasileiro, barato e que combina bem com chocolate.

Bolo de chocolate e amendoim (sem farinha de trigo)
receita minha

- xícara medidora de 240ml

200g de chocolate com 70% de cacau, picadinho
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, picada
1 xícara (200g) de açúcar cristal
4 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha
2/3 xícara (65g) de farinha de amendoim
1 pitada de sal
chantilly ou sorvete, para servir

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma redonda de 20cm de diâmetro com fundo ou aro removível, forre o fundo com um círculo de papel manteiga e unte-o também.

Em uma tigela grande, junte o chocolate e a manteiga e leve ao banho-maria em fogo baixo, mexendo até que derretam. Retire do fogo e deixe esfriar.
Junte o açúcar e misture com um batedor de arame. Acrescente os ovos, um a um, misturando bem com o batedor a cada adição. Junte a baunilha.
Acrescente a farinha de amendoim e o sal e incorpore com uma espátula de silicone. Transfira a massa para a forma e leve ao forno por cerca de 35 minutos ou até que o topo do bolo esteja opaco e um palito inserido no centro saia com um pouquinho de massa grudado nele.
Deixe esfriar completamente na forma, sobre uma gradinha. Desenforme com cuidado e sirva com chantilly ou sorvete.

Rend.: 8-10 porções

Wednesday, January 10, 2018

Focaccia de alho assado e pecorino

English version

Roasted garlic pecorino focaccia / Focaccia de alho assado e pecorino

Posso dizer que depois da adorável Ina Garten minha apresentadora favorita do Food Network é a Rachael Ray: ela é divertida e sua comida sempre parece deliciosa, apesar de eu quase sempre achar as porções um pouco generosas demais. :)

Ela sempre fala sobre o quanto ama alho e super me identifico: tenho a mão pesada na hora de adicionar alho na comida (vai ver é por isso que lá em casa dificilmente alguém fica gripado) e geralmente dobro a quantidade pedida em receitas. E alho assado, então? Amo tanto que tive que colocar o ingrediente em uma massa de focaccia. Ficou deliciosa, mas se você não é tão fã assim de sabores fortes pode cortar a quantidade de alho pela metade e substituir o pecorino por parmesão.

Roasted garlic pecorino focaccia / Focaccia de alho assado e pecorino


Focaccia de alho assado e pecorino
receita minha

- xícara medidora de 240ml

Para o alho assado:
1 cabeça de alho grande, inteira
1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem

Massa da focaccia:
2 colheres (chá) de fermento biológico seco
¼ colher (chá) de açúcar cristal
300ml de água morna
3 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem + um pouquinho extra para regar a focaccia
3 ¼ xícaras (455g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
1/3 xícara de queijo pecorino ralado fininho – rale, depois meça
2 colheres (sopa) de tomilho fresco, só as folhas

Pré-aqueça o forno a 180°C. Coloque a cabeça de alho inteira em um pedaço médio de papel alumínio, regue com o azeite e feche o papel, apertando bem as extremidades para que o azeite não vaze. Coloque o pacotinho em uma assadeira pequena e leve ao forno por cerca de 45 minutos ou até que o alho esteja macio. Retire do forno e, com cuidado para não se queimar com o vapor, abra o pacotinho para que o alho possa esfriar levemente. Assim que conseguir manusear o alho sem se queimar, remova a polpa das cascas, coloque em um pratinho e amasse bem com um garfo até obter um purê (reserve o azeite que ficou no papel alumínio).

Na tigela da batedeira planetária, ou em uma tigela grande caso vá sovar a focaccia com as mãos, junte o fermento biológico, o açúcar e a água morna. Misture com um garfo e reserve por cerca de 5 minutos ou até que a mistura espume. Acrescente o azeite, a farinha, o sal e metade do pecorino. Bata com o batedor em formato de gancho em velocidade média por 6-8 minutos ou até obter uma massa lisa e homogênea – se sovar na mão, 10-12 minutos. Junte o alho amassado, metade das folhinhas de tomilho e incorpore bem. Transfira a massa para uma tigela grande pincelada com azeite, cubra com filme plástico e deixe crescer em um lugar livre de correntes de ar até que a massa dobre de volume, cerca de 1 hora e meia – em dias muito frios eu ligo o forno e deixo a cozinha mais morninha para que a massa cresça bem.

Unte com azeite uma assadeira rasa de aproximadamente 30x45cm. Transfira a massa para a assadeira preparada com cuidado para não perder o ar e formate-a em um oval de mais ou menos 30x20cm. Polvilhe com farinha as pontas dos três dedos centrais de uma das mãos e faça furinhos em toda a extensão da massa (sem deixar que atravessem o fundo). Meça o azeite que sobrou do alho assado e acrescente azeite (se necessário) até completar 1 colher (sopa). Regue a focaccia com este azeite, salpique com o tomilho e o pecorino restantes. Deixe crescer novamente em um lugar quentinho, livre de correntes de ar, por cerca de 20 minutos ou até estufe levemente e quase dobre de volume – enquanto isso, preaqueça novamente o forno, desta vez para assar a focaccia, a 200°C.

Asse até que a foccacia doure bem, 25-30 minutos. Retire do forno e, com o auxílio de uma espátula grande de metal, transfira para uma gradinha. Sirva morna ou em temperatura ambiente – a focaccia pode ser guardada em um recipiente hermético em temperatura ambiente por até 2 dias e fica como fresca novamente depois de alguns minutos no forno quente.

Rend.: 8-10 porções

Wednesday, January 03, 2018

Bolo-pudim Floresta Negra para começar 2018

English version

Black Forest self-saucing pudding / Bolo-pudim Floresta Negra

Feliz Ano Novo, pessoal! :)

Há séculos que não posto nada novo aqui no blog, apesar de ter uma lista quilométrica de receitas gostosas para dividir com vocês: o trabalho em dezembro aumentou consideravelmente e trabalhei muito para deixar tudo direitinho e poder tirar alguns dias de férias. Havia prometido a mim mesma que durante os tais dias de férias não me sentaria na frente do computador e estou orgulhosa por ter cumprido a promessa – eu precisava mesmo descansar. Claro que sou humana e cheia de falhas, acabei usando meu celular para postar no Instagram e no Twitter, mas mesmo isso pouco, bem menos do que eu esperava.

Voltei ao trabalho e já que ainda temos cerejas nos mercados achei que era hora de postar esta sobremesa: é deliciosa e fácil de fazer. Quando testei esta receita no passado usei framboesas congeladas em uma das vezes: o bolo-pudim deixa de ser Floresta Negra, mas continua saboroso, e assim dá para prepará-lo em outras épocas do ano.

Bolo-pudim Floresta Negra
receita minha

- xícara medidora de 240ml

Massa:
¾ xícara + 2 colheres (sopa) - 125g - de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar
1/3 xícara (67g) de açúcar cristal
1 ¼ colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
¼ xícara (56g) de manteiga sem sal, derretida e fria
1/3 xícara (80ml) de leite integral, temperatura ambiente
1 ovo grande
1 colher (chá) de baunilha
2 colheres (chá) de conhaque – se tiver kirsch em casa, use-o no lugar do conhaque; se preferir, omita o álcool
1 xícara (150g) de cerejas frescas, sem os caroços e cortadas ao meio – meça, depois remova os caroços
¼ xícara (42g) de chocolate meio amargo em gotas – usei um com 53% de cacau

Cobertura:
½ xícara (88g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ½ colheres (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar
½ xícara (120ml) de água fervente

Para servir:
chantilly ou sorvete de baunilha

Preaqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga 4 refratários com capacidade para 1 xícara (240ml) cada.

Comece preparando a massa: em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o cacau, o açúcar cristal, o fermento em pó e o sal. Reserve.
Em outra tigela média, misture com um batedor de arame a manteiga, o leite, o ovo, a baunilha e o kirsch. Despeje sobre os ingredientes secos e misture até obter uma massa espessa. Incorpore as cerejas e o chocolate. Divida a massa entre os potinhos.

Cobertura: em uma tigela pequena, misture o açúcar mascavo e o cacau. Polvilhe sobre a massa. Arrume os potinhos em uma assadeira rasa e então despeje 2 colheres (sopa) da água fervente sobre cada potinho, delicadamente. Leve ao forno por 20-25 minutos ou até que a mistura cresça e forme uma crosta. Sirva imediatamente com chantilly ou sorvete de baunilha.

Rend.: 4 porções

Related Posts with Thumbnails